Lean IT is all about people – o Lean na TI é focado em pessoas

É com esta frase que que dou início à série de artigos sobre Lean para área de Tecnologia da Informação. O Lean tradicional, da área de manufaturam, lida com pessoas, mas muito com produtos, processos e equipamentos tangíveis. Por outro lado, a área de TI lida com serviços, softwares, consultoria e outros aspectos que são intangíveis, além da infraestrutura de TI, o aspecto mais tangível são as pessoas que rodam, alimentam e produzem na área de TI. Portanto, o Lean IT trata principalmente comportamento dos profissionais da área de TI, seus costumes, seus processos, seus valores, sua cultura e sua colaboração. Então, torna-se uma área ímpar para o Lean atuar, onde o foco é nas pessoas.

Se você chegou agora e deseja obter uma boa introdução sobre Lean, recomendo a leitura deste artigo onde falo um pouco de Kaizen, de Lean, sua origem e como este pode transformar uma organização. Se se interessar mais nas ferramentas Lean e Kaizen, tenho um segundo artigo onde falo da ferramenta Lean A3 para melhoria contínua, resolução de problemas e questões do dia-a-dia organizacional e pessoal.

Apesar de haver uma bibliografia vasta de conhecimento sobre Lean aplicada a área de TI, minha fonte de conhecimento em Lean para área de TI e a base para este e próximos artigos é a Lean IT Association, ou simplesmente LITA. Trata-se de uma associação fundada por três Organizações de Treinamento Credenciadas (ITpreneurs, Pink Elephant, Quint Wellington Redwood) e três Institutos de Exame (APMG, EXIN, PEOPLECERT International Ltd) que reuniu diversos gurus do Lean aplicado à área de TI (diretores e executivos de TI, autores de livros e publicações sobre o assunto) que conseguiu reunir as melhores práticas de diversas destas fontes em um corpo de conhecimento unificado e organizado sobre Lean IT.

Um dos motivadores para eu escrever esta série de artigos, foi o fato deste conhecimento ainda estar pouco difundido no Brasil e ao público da língua portuguesa justamente pelo conteúdo da LITA estar disponível apenas na língua inglesa. Além disso, no Brasil, poucos centros de treinamento estão credenciados para aplicar o treinamento inicial da LITA, o Lean IT Foundation e suas agendas ainda são muito restritas.

Foco nas pessoas

No guia Lean IT Foundation, é relatada a grande diferença do Lean IT em relação ao Lean Manufactoring, pois enquanto que na manufatura o Lean tenta otimizar o uso dos recursos, principalmente o uso eficiente da matéria prima e gestão de estoque just-in-time, na TI, temos recursos tangíveis na área de infraestrutura mas em todo o resto lidamos com recursos intangíveis e o principal recurso na TI é o Tempo e as Pessoas (justificando o título deste artigo). Dado que os serviços de TI são principalmente produzidos por trabalho intelectual, produtividade e conhecimento são críticos e complexos de se compreender. Na TI, parece que sempre “estamos muito ocupados resolvendo problemas ao invés de documentarmos as coisas”, “não temos tempo para documentar projetos e completar o formulário da GMUD”, ” não temos tempo para fazer melhorias” e “não temos tempo para testar mais antes da entrega”. Portanto, o Lean atuará bastante na otimização do uso do fator Tempo pelos nossos Recursos Humanos na TI.

Assim como comentei em um artigo anterior, o Lean pode ser combinado com diversas outras técnicas e boas práticas, portanto não seria diferente com o Lean IT, que foca no comportamento e atitude dos profissionais de TI, desde requisitos à operações. Atuando desta forma, é possível cobrir a lacuna de comportamento e atitude das boas práticas que enfocam muito em processos muito bem estruturados. O Lean IT enxerga que os processos instituídos pelas boas práticas de mercado (exemplo: Gerenciamento de Serviços de TI) são necessários para um bom funcionamento da TI e estruturam uma primeira linha de base para os Kaizens mas acima de tudo, com a Visão Lean será possível direcionar os esforços e os Kaizens para processos que realmente agreguem valor aos clientes e ao negócio.

Guias Lean IT

A LITA possui 3 guias-chave que constituem seu corpo conhecimento em Lean IT, cada um focado em determinado estágio de aprendizado e aplicação do conhecimento na organização – da fundação à prática e à profissionalização. Além disso, desenvolveu um esquema de certificação baseado nos 3 guias e está desenvolvendo também um 4º guia e certificação voltado para o Coach em Lean IT:

Lean IT Certification
Esquema de Conhecimento e Certificação LITA – Fonte: http://www.leanitassociation.com
  • Lean IT Foundation – A fundação para o Lean IT, contém os fundamentos básicos para você conhecer e compreender o Lean para área de TI. Tem o objetivo de ajudar as organizações de TI a garantir que forneçam aos seus clientes os melhores serviços possíveis. Através da compreensão do valor do cliente, os processos que fornecem este valor, a forma de gerir o desempenho, a forma de organizar e a atitude e comportamento necessários e desta forma, as organizações de TI são ajudadas a desenvolver uma mentalidade de melhoria contínua.
  • Lean IT Kaizen – Kaizen é a palavra japonesa para melhoria contínua usando pequenas mudanças incrementais (Kai – mudança; Zen – para melhor). Kaizen é uma abordagem para a resolução de problemas e questões, constitui a base da melhoria contínua contínua nas organizações. Quando aplicado ao local de trabalho, o Kaizen significa melhoria contínua envolvendo todos, gerentes e trabalhadores, todos os dias e em qualquer lugar, proporcionando estrutura para a melhoria do processo. Este guia detalha, as ferramentas de melhoria contínua e Kaizen na TI. Pertence à categoria Practitioner da LITA, ou seja, Praticante de Lean IT, que conhece e aplica a filosofia.
  • Lean IT Leadership – Baseia-se no conhecimento básico adquirido através da Lean IT Foundation. Lean IT Leadership centra-se em garantir que as pessoas que cumprem um papel de liderança dentro da organização saibam o que precisam fazer para ajudar a desenvolvê-lo para uma organização Lean IT. O papel pode ser desempenhado de forma formal ou informal. As pessoas que seguem o currículo Lean IT Leadership podem se beneficiar substancialmente desde a primeira compreensão do papel do Lean IT Kaizen. Uma das principais tarefas da Lean IT Leadership é conduzir e ensinar melhoria contínua. Este guia pertence à categoria Professional, focada em Implementar, Estrategiar e Mobilizar, ou seja, além de implementar Lean, deve torná-lo parte da estratégia organizacional, assim como preconiza Art Byrne em Lean Turnaround.
  • Lean IT Coach (em desenvolvimento) – Também pertencente à categoria Professional, o conteúdo deste guia e certificação ainda não está disponível, pois encontra-se em desenvolvimento. Contudo, acredito que este deverá formar o Coach em Lean IT, sendo responsável por disseminar, capacitar e orientar as empresas e os colaboradores das organizações a aplicar a cultura e filosofia do Lean IT, podendo este profissional atuar internamente em sua empresa ou externamente como consultor para outras empresas criando um novo nicho de mercado, assim como os Agile Coaches para as Metodologias Ágeis.

Cada um dos guias acima, encontra-se disponível gratuitamente no site www.leanitassociation.com. Segundo a LITA, os guias concentram todos o conteúdo necessário para conquistar as suas respectivas certificações, contudo, exigem como pré-requisito para prestar o exame de certificação a realização de treinamento em algum centro de treinamento autorizado.

Nos próximos artigos falarei um pouco de cada um dos guias Lean IT disponíveis, a começar pela fundação e alicerce dos outros guias, o Lean IT Foundation.

Atualizado 31/1: Já encontra-se disponível o segundo artigo desta série, falando sobre o Lean IT Foundation, alicerce e fundação dos outros guias. Clique aqui e expanda seu conhecimento em Lean IT!

Cases de sucesso em Lean IT no Brasil

No Brasil, temos alguns cases de sucesso de empresas que adotaram o Lean como filosofia para a TI. Percebo que a maioria seguiu a filosofia Lean tradicional e não é possível identificar se seguiram algum modelo ou guia de referência para Lean IT, como a que relato neste artigo (Lean IT Association).

Alguns cases são apresentados anualmente nos eventos Lean Summit, organizado pelo Lean Institute Brasil. Em 2015, houve um Summit exclusivo para Lean IT em São Paulo, onde foram reunidos vários cases de Lean na TI.

Aqui na região de Campinas, temos a CI&T que vem gradualmente aplicando o Lean desde 2007. Sendo um dos cases de destaque dos últimos Lean Summit.

Ao meu ver, qualquer empresa que adote metodologias ágeis de desenvolvimento de software, já está seguindo alguns princípios Lean implicitamente, pois também objetivam a eliminação de desperdícios com a otimização de tempo e recursos, agrupamento de equipes multifuncionais (células Lean – conceito de Fluxo Contínuo), melhoria contínua com as reuniões de retrospectiva, etc. O próprio Scrum foi inspirado no modelo Toyota de produção, a origem do Lean. Cito algumas correlações do Lean com Agile e Design Thinking neste artigo.

Referências:

  • Lean IT Association. Disponível em: <www.leanitassociation.com>. Acesso em 26 de janeiro de 2017.
  • Byrne, Art. Lean Turnaround: A Grande Virada. Lean Institute Brasil. 2014.
  • CI&T. Disponível em: <www.ciandt.com>. Acesso em 26 de janeiro de 2017.


Artigos de minha autoria relacionados ao assunto:

Lean IT Foundation – A fundação para o Lean IT

Lean Turnaround -Transformação Lean e sua relação com Agile e Design Thinking

Lean A3 Gerenciando para o Aprendizado em Projetos

Anúncios